sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Para ti...



Nem larguinha, nem baixinha

mas sim apaixonada por ti

com paciência e determinação

segui minha intuição

te dei meu coração

não é ilusão

este amor é sincero

não mudes em nada

é assim que te quero

não es prisioneiro deste amor

não deixes de ser esse homen livre

que tanto amo e aprecio

16 comentários:

Mário Margaride disse...

Querida amiga,

Feliz desse amor, a quem dedicas esse belo poema...

Adorei!

Bom fim de semana!

Beijinhos doces...

Mário

Lena disse...

mario,

Estas linhas foram escritas em fevreiro 2006;
actualmente ando sem inspiração postei este poema porque gosto dele..
não gosto dizer "poema", são versos, linhas escritas...porque não me considero "poeta"...

Bom fim de semana para ti tb !

um beijo

poetaeusou . . . disse...

*
lena
,
belo poema
porque poema é,
a liberdade
que dás a ele. . .
é uma prova de amor,
e para ti.
,
dou-te o teu mar, daqui,
,
*

Utopia das Palavras disse...

Ser livre...
é tudo!
E o Homem deseja.
Arrastado pela liberdade de ser
vem...o mundo!

beijo, amiga
Ausenda

Multiolhares disse...

Que seria da vida sem amor, sem liberdade
beijinhos

Duarte disse...

Bonitas palavras rodeadas dum ambiente único.
Que feliz que tem que ser tal MOMEM!
A esta atitude eu chamo compreensão.
Prevejo um longo e dilatado futuro.

Bom fim de semana

Beijos

Lena disse...

poetaeusou,

obrigada pelo esse cheirinho do meu mar..ele que me enche de énergia e força...

um beijo

Lena disse...

utopia das palavras,

é bom sentir uma certa liberdade..
sempre..

bom fim de semana !

Beijinhos

Lena disse...

multiolhares,

seria infernal...não seria viver

beijinhos

Lena disse...

duarte,

Obrigada pelas tuas palavras,
palavras escritas com alma e coração...
o futuro dira como sera...

beijinhos

poesianopopular disse...

Lena
O amor leva-nos a estas avenidas de liberdade e sinceridade,nas quais desabafamos, o nosso querer e o nosso sentir.
É muito bonito o sentimento de amor.
Gostei das tuas palavras poeticas, que resultaram nesta poesia.
Bjos amiga

Anónimo disse...

Para mim amar é isso, é estar ao lado e deixar a pessoa livre ao mesmo tempo...por isso não encontro o amor...
Gosto muito do teu poema.
Beijinhos
Dia

gaivota disse...

oh lena, este coração foi feito muito perto da minha casa... a avaliar pela foto...
e o amor faz disto, né???
beijinhos

Lena disse...

poesianopopular,

O amor faz nos escrever coisinhas assim José...
so, que desde 2006, alguma agua correu de baixo da ponte.

um beijo

Lena disse...

Dia,

Acabo por perder meu latim, não percebo o pouco ao amor...
escrever é mais facil que o viver...

Beijinhos

Lena disse...

gaivota,

esta foto não é minha, a roubei na net....
O amor pode nos fazer coisas gigantescas..isso sim.

Beijinhos