quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Faz hoje 30 anos....Jacques Brel nos deixava

Quand on a que lamour - Jacques Brel

14 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
brel,
como estará,
a tua ilha ?
,
conchinhas,
,
*

Utopia das Palavras disse...

Obrigada por este post.
Há quanto tempo não ouvia Jacques Brel... saudades!!!

Um beijo

Anónimo disse...

Olá Helena!
Jacques Brel...faz parte das minhas memórias de infancia
Obrigado por teres matado a saudade
Beijinhos
Dia

Lena disse...

poetaeusou,

ela la esta no Pacifique...
ao lado de Gauguin...
a ouvir a melodia do mar
a descançar em paz..

Beijinhos

Lena disse...

utopia das palavras,

Um Grande Homen
cresci com ele e tenho muita admiração por ele...

Um beijo

Lena disse...

Dia,

Hoje não podia não o fazer
é sempre um prazer ouvi-lo cantar...
e não foi facil escolher um titulo...

Beijinhos

Multiolhares disse...

Existem seres imortais, pois o legado que nos deixam ´´e para sempre
beijinhos

poesianopopular disse...

Lena
BREL... SEMPRE!
Recordar é uma forma de viver!
Bjos amiga

Lena disse...

multiolhares,

ele ficara sempre nas nossas memorias...
Ha pessoas assim...

Beijinhos

Lena disse...

poesianopopular,

imaginar os textos de Brel se ele hoje ainda estivesse...

beijinhos

Duarte disse...

Uma grande voz, um grande interprete.
Gosto

Beijinhos

Lena disse...

duarte,

pena que nos deixou cedo demais...

beijinhos

gaivota disse...

o maravilhoso jacques brel quand on a que l'amour, le port d'amesterdam...
tantas e excelentes nessa voz eterna
beijinhos

Lena disse...

Foram tantas....
não esquecendo a "ne me quitte pas"...

beijinhos