sexta-feira, 11 de julho de 2008

Seguirei sempre em frente


Montanhas inaccessiveis

abismos profundos

cataclismos

tempestada

trevoada

Nada me para

pelo este mundo fora

seguirei sempre em frente

com meus sonhos e meus desejos

Não é uma pedra no caminho

que me fera tropeçar

Sera sempre teu amor

que me da esperança e força

p’ra continuar


8 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
que não te falte as forças,
no teu trilhar,
,
conchinhas de iodo, deixo,
,
*

Multiolhares disse...

È sempre necessária a força
Não importa de onde vem, mas temos de a encontrar em nós, e continuar sempre
A trilhar os caminhos que nos foram destinados
beijinhos

Anónimo disse...

Como é bom estarmos de volta...
Gosto muito dos teus poemas e segue sempre em frente,independentemente do que aconteça.
Beijinhos
Dia

Lena disse...

este blog com vossa/tua amizade poeta é uma boa parte que me da força;
é aqui que deixo todas as amarguras da vida e esqueço meu dia-a-dia.

Um beijo

Lena disse...

A vontade de la chegar nos faz continuar e seguir sempre em frente...

Beijinhos Luna

Lena disse...

Ola Dia !
Que bom te ver de volta...
Foi a ler teus poemas que me meti a escrever também, lembraste ?
Eu que nunca tinha escrito alguma frase em português...
seguir em frente, é isso que temos sempre de fazer.

Beijinhos

poesianopopular disse...

O amor remove montanhas, que seria de nós...sem amor?

Lena disse...

sem amor seria um vazio na vida, uma vida sem luz.

bom fim de semana José

Um beijo