terça-feira, 17 de junho de 2008

Eu não sou poeta

Me pedistes versos, poesia
sou luz, amor mas não sou poeta

Se o fosse faria algo de sublime
porque o que sinto por ti é assim

Tanto sou como
um vulcão em erupção
como o murmuro da agua a correr
o deitar do sol sobre o mar
como uma tempestada

Quando penso em ti
é meu sorriso a aparecer
são meus olhos a brilhar
tudo isso é o refleto do meu coração

Esse..meu coração...
não me deixa em paz
não têm medo
de voltar a amar
ele embala logo que te vê

Estes versos te são dedicados
Neles estão todo meu amor
e em cada palavra
um beijo meu.

Lena (29 janeiro 2006)

10 comentários:

samuel disse...

Ah... não é poeta...

Lena disse...

e não sou poeta, Samuel..porque se eu fosse...faria algo de....

Bjos

Saramar disse...

Não é poeta?
Ah! não é verdade.
estes lindos versos de amor a desmentem

Lindos!

beijos

Lena disse...

Não tenho essa pretenção Saramar;
gosto simplesmente de escrever o que sinto no momento em que escrevo..

Beijinhos

Multiolhares disse...

Olá Lena
Obrigada pela visita ao meu cantinho

O que é ser poeta?

Talvez deixar sair o sentimento do momento

Pintar a tela da vida cinzenta com cores da imaginação

Mesclar a tristeza com palavras serpenteantes

Inventar um mundo onde já não cabemos

Sei lá… ser poeta é dizermos o que sentimos,
Ou inventarmos um mundo de ilusões

Então será que todos nos não temos um pouco de poetas

Bonita a tua escrita
beijinhos

Lena disse...

Ser poeta é isso tudo Luna,
e todos nos se quizermos podemos escrever "poesia"; cada um a sua maneira porque cada um de nos é diferente...


Um beijo

Mário Margaride disse...

Dizes que não és poeta
Mas aqui, belas estão
Palavras de sentimento
Que te saem do coração.

Gostei muito deste poema!

Beijinhos

Mário

Lena disse...

Palavras sentidas Mario...


Um beijo..

poetaeusou . . . disse...

*
és poetisa . . . prontes,
,
conchinhas amigas,
,
*

Lena disse...

Se tu o dizes que o sou...
pode ser que o seja...

um beijo poeta