terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Mais um dia sem ti


Hoje não vais chegar
não vou sentir o calor do teu corpo
o fervor da tua chama
o doce da tua boca
o braseiro dos teus olhos
os teus braços me envolvendo
me apertando até sufocar.

Hoje não vou mergulhar
num mar de beijos
até me afogar
entre teus lábios
onde nos deleitamos
voluptuosamente
numa onda de prazer.

14 comentários:

el de las 3:30 disse...

esta re buena!!!

Lena disse...

el de las 3:30

Obrigada pela visita!

Duarte disse...

ATÉ QUANDO


Estou triste e taciturno
Talvez a nostalgia dos tempos idos
De amor desbordante
Esperança de felicidade plena
Hoje faminto dá pena
Sofrer em silencio, até quando?
Não é possível seguir neste sem viver
De insegurança e sensabores
Despedaça o meu coração, magoa
Os braços caídos, inertes
Como arvore de Outono
Ávido de amor sem penas
Que em mim vive mas dorme
Que desolador viver assim
Quando o seu fim? Espero
Tudo acaba e o amor também
Ainda que o meu amor não
Mesmo que seja na solidão.


Novembro de 2005


Beijinhos para TI

Utopia das Palavras disse...

tapetes de cetim
no âmago
do teu caminho
colocarei...
e como Fenix
chegarás
no enleio
de um desejo
que pressinto...!

Beijos

poesianopopular disse...

Lena
No amor
como em tudo
não existem certezas
mas, sim vontades
que,quando são muito fortes
Se transformam em realidades!

Bjo amiga

Lena disse...

Duarte,

Tenho pena de não saber escrever assim como tu...
Obrigada pelo poema, muito lindo

Um beijo

Lena disse...

Utopia das Palavras,

A esperança é o sonho
do homen acordado
"Aristóteles"

um beijo

Lena disse...

poesianopopular,

Nem todos pensam como tu José, acho eu....

Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
belo poema, lena
sentir que quase sufoca,
em sensual espera,
,
maresias do canto,
,
*

Mário Margaride disse...

Querida amiga,

mais um belíssimo poema, embora triste.

Eu sei, como a melancolia nos invade, quanto sentimos a falta de quem amamos.

Peço desculpa, pela minha ausência aqui no teu cantinho. Mas como sabes tenho estado sem pc. Agora tudo está normalizado. Continuarei como sempre a vir aqui dar-te um beijinho, e ler os teus belíssimos poema!

Um bom fim de semana!

Beijinhos

Mário

Lena disse...

poetaeusou,

A esperança e os sonhos por realizar ajudam a viver, poeta..

um beijo

Lena disse...

Mario Margaride,

Obrigada Mario,
como sabes também, escreve-se bém quando as emoções são verdadeiras e fortes; o que foi o caso aqui.

Beijinhos

ZezinhoMota disse...

Gostei do poema e espero regressar para te ler mais...

ZezinhoMota

A Poesia do Zezinho II - http://zezinhomota1.blogspot.com

Giselle Sato disse...

Belissimo blog e as poesias remetem a um romantismo além das palavras. Parabéns do além mar.