quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Pela manha


Esta manha, quando sai a rua,
o frio acabou por me acordar.
Que tempo !
Estava bom era para ficar de baixo dos cobertores.
As telhas estavam branquinhas de gelo;
o vento cortava os dedos.
Terei de procurar as luvas e a toca.
Ao sair de casa, pelas 6h30 da manha,
admiro as pessoas que por ali andam
seja a passear seu cãozinho
o outra para ir ao pão e aos croissants.
E eu ali fora sem me apetecer.
Meu carro me indica que la fora so esta um grau,
ligo o aquecimento, ver se meus pézinhos aquecem.
Os dias encurtaram,
o inverno está a porta com sua beleza e seus aborrecimentos.
Hoje foi um dia escurro,
sem ter visto o sol.
O tempo e eu nos confundimos.

Esta foto foi feita da minha janela, do meu ninho no Sitio da Nazaré.

14 comentários:

Duarte disse...

Como descreves
passo a passo,
um dia de outono frio,
com o mar a rugir,
de céu cinzento
quase preto.
Como bem dizes
um dia ideal para ficar
no vale dos lençóis.
Dia tormentoso.
Até assusta!

Virá o dia em que essa fotografia estará cheia de luz e de vida, e todos nós desejaríamos estar na NAZARÈ.

Um grande abraço

Lena disse...

duarte,

Ja esta invernal,
a neve ja apareceu aqui perto,
esta bom também para estar a volta duma fogueira, com amigos, a comer as castanhas assadas...
é tempo delas...

Beijinhos

Utopia das Palavras disse...

Dias de Outono
frio de Inverno
Neve nos meus cabelos
Lareira ardente
Crepúsculos tímidos
de saudade...
Sentido quente
de outros dias...!

beijos
ausenda

Multiolhares disse...

Por aqui também chegou o fri, não tanto como aí mas a chuva tambem não para
beijinhos

Lena disse...

utopia das palavras,

o inverno esta mesmo a porta,
este fim de semana sera aqui ao quentinho..

Beijinhos

Lena disse...

multiolhares,

é tempo dela cair,
aqui também a anunciaram para estes dias...

Beijinhos

poesianopopular disse...

Lena
Detesto o Inverno, pois para quem trabalha é maior o sacrifício, se eu fosse rico possivelmente gostava do Inverno.
Bjos amiga

Lena disse...

poesianopopular,

Comprendo te bém José,
eu adoro o inverno, sobretudo por traz da janela, olhando a neve cair...
mas quando tenho de pegar o carro pela manha, nas estradas geladas e as vezes com neve..nem te digo..sim digo..
olha chamo o marido e é ele que me leva ao trabalho...ele tem tempo, esta reformado, e não se zanga por isso.

bom fim de semana !

Beijinhos...

gaivota disse...

estás bem no alto para conseguires tirar esta foto assim nesta perspectiva...
és siteiraaaaaaaaaaaaaaa
logo pela manhã, pela tarde e peala noite...
é lindo o teu poema, lena!
beijinhos

Lena disse...

gaivota,

sou siteira gaivota,
estou a 5 mn do ascensor,
vejo o sol do levantar até o por dele sobre o mar...
e adormeço a ouvir as ondas do mar...
e a vida faz que....estou aqui...tão longe dai...
A vida........

bom fim de semana gaivota !

Beijinhos

Anónimo disse...

Olá Lena!
Também por aqui, no meu cantinho cheio de sol, arrefeceu...e, está dificil adaptar-me, pois de repente tenho de vestir roupa quente...coisas do tempo
Beijinhos
Dia

Lena disse...

Dia,

pois é Dia, temos nos adaptar a ele;
neste tempo gostava poder hibernar e acordar na primavera...


Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
hó nazaré
que lindo é,
ter a ventura
de morar no sitio
para te olhar . . .
,
não te preocupes,
vem a este cantinho
e sorve a cor da nazaré,
,
conchinhas de luz, envio-te,
,
*

Lena disse...

poetaeusou,

Diz a gaivota de me vir buscar
e me levar até ai
sobre as asas.

um beijo