domingo, 19 de outubro de 2008

Quando chega o sabado a noite...



Quando chega o sabado a noite;
ela esquece seu dia-a-dia,
retirando seu casaco, impregnado de todas as dores, tristezas da semana.
Toma um duche, para lavar sua alma, refrescar a cabeça;
frente ao espelho, olha para ela, pinta os olhos, um baton nos labios.
Hoje é o seu dia, onde ela se reencontra.
Sua roupa esta pronta em cima da cama.
Enfia suas meias pretas com renda até ao alto da perna;
veste uma saia cinzenta, por cima do joelho e um pequeno top;
algo de ligeiro para não sentir muito calor ao fim da noite.
Por acabar perfuma se com seu "Hermès";
veste um casaco e calça uns sapatos.
Quando chega a associação, a sala esta bastante animada; a musica esta optima e as pessoas estão divertindo-se.
Não sabia dançar;
mas depois daquele acidente em que pensava ficar numa cadeira de rodas;
quiz aprender...
quiz reviver...
quiz fazer muita coisa que não fazia antes.
Antes pensava que havia tempo.
Hoje quer profitar de cada instante.
Assim a valsa, o vira, o tango não tem segredos para ela.
Quando ela entra na dança,
a musica entra nela
e o corpo se move ao som da melodia.
Mais um sabado se acabou, voltara no proximo...

20 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

A dança faz bem para a alma e para o corpo.

Obrigada pela visita e pelo carinho.

Bom domingo.

beijooo.

ZezinhoMota disse...

Agradeço a visita...

A distância fisica das pessoas que amamos...
É um mal que vem por bem; logo que não sejam motivos de saúde...

Feliz semana.

Bjnhs

ZezinhoMota

Multiolhares disse...

Cada um de nós tem de saber o que procura, o que quer da vida,
depois é só viver um dia de cada vez, como se fosse o ultimo
beijinhos

gaivota disse...

os sábados são tão breves...
sempre foram!
e dança, brinca, ri-te e sonha com o novo sábado...
beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
bela prosa,
adorei, amiga,
,
brisas nocturnas,
deixo,
,
*

Lena disse...

pelos caminhos da vida,

Faz bém...
além disso deu para fazer novas amizades...

beijinhos

Lena disse...

zezinhomota,

A distância fica sempre distância qualquer for o motivo...
hoje temos o telefone e a net para nos sintir mais proximos deles...

boa semana a ti tb

um beijo

Lena disse...

multiolhares,

é isso luna, viver cada dia como se fosse o ultimo...

um beijinho

Lena disse...

gaivota,

Este nem o vi passar...
e amanha ja é de novo segunda feira...

Beijinhos

Lena disse...

poetaeusou,

foi para descontrair
depois duma semana dificil...

um beijo

Utopia das Palavras disse...

Lena

E a distância...
é tão perto!

beijo
ausenda

Lena disse...

utopia das palavras,

isso é o que se diz...
que, quando se ama, não existe a distância...
mas na realidade sabemos que ela existe...
eu sei...pois este ano ja viajei bastante para abraçar meus pais e filhos, e o ano ainda não acabou.

Beijinhos

Anónimo disse...

A dança é algo muito bom, faz-nos sentir muito bem.
Tenho saudades dos tempos em que também eu dançava...mas acho que no inicio do ano estarei em condições fisicas para o recomeço.
Muito bom o teu texto, sente-se até música quando se lê.
Beijinhos
Dia

Lena disse...

Dia,

A dança é um desporto muito agradavel...
e uma vez que se prova a ele, ja não se consegue deixar..

beijinhos

poesianopopular disse...

Lena
Quando chega o sábado;é aquela sensação do dever cumprido, e o início da liberdade de fazer o que nos apetece, conviver dançar, e se não tiver-mos que abandonar os nossos melhor sería, mas....Esquece,vive cada dia como se fosse o último!
Bjo amiga

Mar Arável disse...

O sábado também conta

só é preciso acertar o passo

no dia a dia

A vida é um ciclo de marés

Duarte disse...

Esses sublimes avisos que a vida nos dá quase nunca deixam uma segunda oportunidade.
Este relato está tão bem documentado que mais bem parece na primeira pessoa. Como quer que seja a vida está para que a desfrutemos com a máxima intensidade.
Vive e que sejas feliz.
Beijos

Lena disse...

poesianopopular,

é mesmo José, uma sensação de semi-liberdade...quando chega o sabado..

Beijinhos

Lena disse...

mar aravel,

prefiro acertar o passo o sabado a noite
no meu dia-a-dia, tenho algumas dificuldades em o fazer...pois ando sempre a correr atras do tempo..

um beijo

Lena disse...

duarte,

é perspicaz o Duarte...lol..
não escrevi a primeira pessoa, mas podia o ter feito...

sinto que so estou agarrada a vida a um fio, por isso tenho cuidado, e conheço meus limites, para viver do melhor possivel...

Trabalhando no meio da saude, e do problema que tive, so posso saber como a vida é um grande tesouro...

desejo te o mesmo...

Beijinhos