quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Menos blabla, mais iniciativas...


Ser da direita o da esquerda,
acreditar em Deus o não
gastar tinta em coisas sem valor
E depois, e depois...
As pessoas vão deixar de morrer de fome ?
os doentes vão deixar de sofrer ?
A Planeta vai deixar de virar ?
E depois, e depois...
tem assim tanta importancia
ser da direita o da esquerda
Enquanto se fala de coisas sem jeito
pessoas continuam a morrer
outras a soffrer
E nos aqui,
continuando como se nada tivesse a acontecer
Mas em que mundo vivemos ?
Somos cegos e mudos ?

Hoje meu dia foi horrivel,
fiquei vazia dentro de mim
meu coração sangrou
não chorei
so agora as lagrimas me vieram

Vivem a vida enquanto podem
porque amanha sera tarde.

Vivemos numa sociedade onde muito se fala de nada e nada se faz de tudo.
Entre politicos, médicos e pessoas estudadas, nada de concreto sai.
Ao contrario tudo vai cada vez pior.

27 comentários:

Dia disse...

Minha amiga Lena como eu te compreendo...
Felizmente as minhas merecidas férias de verão chegaram porque a desmotivação e o cansaço tinham tomado conta de mim e, não têm conta os dias eu me senti assim como tu.
Temos de aproveitar bem a vida que é muito curta mesmo...
Bjs
Dia

Lena disse...

Dia,

Ha dias assim...
onde queriamos era estar em outro lado, outro mundo.
Por vezes parece que a vida duma pessoa tem pouco valor, onde nada se faz o muito pouco.

Beijinhos

ZezinhoMota disse...

Infelizmente é verdade tudo o que aqui dizes...

Nem chego a compreender onde estou. Será que sonho? Será que estou enganado na vida que estou?

Se fossemos tentar compreender como é possivel que uns tão pequeninos e são tão grandes (O Luxemburgo, um país tão pequeno e dos melhores da Europa para se viver)...

Como é possível que nem costa maritima tenha, como o nosso país! E os homens e mulheres desse país construiram um "PARAÍSO! onde o seu povo trabalha e vivem tão bem?

Bjnhs do

ZezinhoMota

(A Poesia do Zezinho - http://zezinhomota.blogspot.com)

Lena disse...

ZezinhoMota,

Uma vez escrevi que a mentalidade do povo português é uma das culpas do estado do pais. Continu a pensa-lo.

Depois riqueza da riqueza
fartura da fartura
isto é o que se passa em paises como no Luxemburgo.

Em Portugal, os ricos não dão; querem ser ainda mais ricos que ricos. Conseguem roubar o maximo o estado de varias formas.
E quem paga os prejuizos são aqueles que nada dizem. Esses vivem a pensar como vão fazer amanha para comer.
Depois a todo nivel, em Portugal esta tudo desorganizado...isto é o que sinto, pois não vivo ai.

Porquê o governo não olha nos paises onde tudo vai mais ao menos para copiar sobre eles.

Portugal tem tudo para se viver bém.

Beijinhos

Duarte disse...

Expressas indignação, um sentir atormentado por um presente que não o merecemos. Priva a indiferença, quase que não olhamos uns para os outros. Tédio o desesperança, uma realidade que entristece, e muito.

Tu, mulher de grande sensibilidade, sofres...

Um grande abraço de boa amizade

Lena disse...

Duarte,

Foi escrito depois de um dia dificil no trabalho. Ver sofrer uma pessoa e quando o médico diz "não ha nada a fazer"; a enfermeira baixa os braços...fico revoltada por dentro.
Nesse momento queria fugir dali, não ver o olhar da pessoa a sofrer; procurando reconforto e muito mais. Pedindo aquilo que não sei dar...

Isto é so um exemplo. E quantas pessoas estão assim ? E amanha pode nos acontecer...não o desejo a ninguém.

Este é meu espaço, como ja disse muitas vezes, é meu refugio, onde tento escrever aquilo que vou sentido.

Um beijo Duarte

gaivota disse...

um texto excelente, com amargura, cheio de verdade! para quê toda a palhaçada em que nos meteme!?!?!?
o nossod estino é igual para todos...
a nossa praia está cada vez mais linda!, ainda com banhistas, ontem à tarde, um dia lindooooooo e calor
beijinhos

Mário Margaride disse...

Olá, Lena.

Pois é...mas é esta a realidade em que vivemos, quer queiramos ou não.

Mas, podemos sempre ajudar a alterar, o rumo das coisas.

Um bom fim de semana.

Beijinhos!

Mário

poesianopopular disse...

Oláááá,Lena!
É verdade amiga sou eu, estou começando a ficar organizado, depois desta grande luta, pelo povo e do lado do povo, que é como quem diz -CDU, neste dia de reflexão, pensei -é hoje que vou vizitar a maioria dos meus amigos da blogosfera.
Lena, gostei das tuas palavras, palavras de alguem que sente e sofre com o sofrimento do próximo, quantas vezes sem nada poder fazer, na luta partidária isso tambem acontece, aconselhamos, ensinamos a desconfiar, pedimos para que olhem para traz, lembrem o passado para melhor escolherem o futuro, mas...Lena a ambição, é uma doença terrível, exactamente como o jogo,conduz as pessoas à desgraça.
Amiga desculpa o tempo que estou a tomar-te, estaria aquí a tarde inteira mas, tenho que destribuir a minha amizade por tantos amigos que como tu merecem a minha amizade!
Desculpa o meu interregno, mas, prometo ser mais assidu-o, sabes que não é por descuido, o trabalho assim o dita.
Beijo_te com amizade.

Duarte disse...

Lena, compreendo isso.
O meu filho mias velho é oncologista e há dias falávamos disso. Precisamente porque poucos são os que se salvam e é muito triste fazer um trabalho donde os resultados quase sempre são negativos.

Um forte abraço

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Lena, estou de acordo com o teu texto....
Beijos

poetaeusou . . . disse...

*
sábias palavras,
e do tema tens
conhecimento de causa . . .
,
hoje, aqui,
foi um dia de verão !
,
conchinhas, deixo,
,
*

Multiolhares disse...

Sabes, eu penso que cada um de nós pensa que o dia de amanhã vai sempre chegar, que somos imortais, somos também buito individualistas, cada um pucha para si, s+o quando a morte bate á porta a cada um de nós seja pelo proprio, familia, amigos, é que durante pequenos instantes nos tocamos com a realidade.
beijinhos

Mário Margaride disse...

Querida amiga

Passo por este teu cantinho, para te desejar uma excelente semana, com tudo de bom.

Beijinhos

Mário

Mar Arável disse...

Tudo se constroi

mesmo com os dentes cerados

e é bom não desistir

Mário Margaride disse...

Minha querida amiga.
Passei por este teu cantinho, para te desejar um excelente fim de semana, com tudo de bom.

Beijinhos

Mário

Lena disse...

Adoro ler vossos comentarios e merecem que deixe também um pequeno recado meu ao vosso...

Otimo fim de semana a todos !

Lena disse...

Gaivota,

Um texto escrito num dia de revolta interior...
Tenho algums dias desses...

9 de outubro...foi nesse dia em que cheguei a Nazaré a noite e o tempo estava quente.

Beijinhos

Lena disse...

Mario Margaride,

Podemos sempre alterar afim de melhorar algumas coisas e ainda bém; so que pede muita força e muita força de vontade e acaba por nos deixar bém mal, sem força...nos deixa vazio...

Beijinhos

Lena disse...

Poesianopopular,

José,
Que bom te ver de novo por aqui; ja por ca fazias falta.

Vivemos num mundo assim, onde cada um so olha para seu umbigo.
Depois ha os outros que tentam de dar ponta a pés nisto tudo, para fazer mudar as coisas.
E assim vamos caminhando, não sei onde vamos, mas vamos.

Beijos

Lena disse...

Duarte,

Neste meio da saude aprendemos a ver a vida como um bém precioso, e a ser humildes.
Este doente que me deixou assim foi transferido para uma unidade de "soins palliatifs"...

Um beijo Duarte

Lena disse...

Fernando Santos (Chana),

Ha tanta coisa absurda, que as vezes
me faz escrever coisas assim.

Comprendes o porquê de tanta gente estar a morrer a fome, enquanto paises estragam dinheiro em coisas inuteis....

Beijos

Lena disse...

Poetaeusou,

E tanta vez daqui
me apetece fugir
e ir
até ai

Esteve um dia muito bom no 11 de outubro, estava 30 graus, e até as noites estavam mais quentes que no verão.

Um beijo

Lena disse...

Multiolhares,

Luna,
é verdade Luna; pensamos que so acontece os outros.
A palavra "morte" é tabu.
A morte faz parte da vida.
Penso que a morte não seja o fim; que ha algo depois da morte.
O se calhar penso assim, para sofrer menos da perca de quem gostamos.

Beijinhos

Lena disse...

Mario Margaride,

Obrigada pela tua visita Mario;
gosto te receber por aqui.

Beijinhos

Lena disse...

Mar Aravel,

Não sou daquelas que desiste,
quando desistir é porque morri.

Um beijo

Lena disse...

Mario Margaride,

Estive em Portugal a semana passada Mario, dai este meu silêncio.

Espero que estaja tudo bém contigo.

Beijinhos