terça-feira, 25 de novembro de 2008

O inverno instalou se



Hoje, dia de folga...
poder ficar ao quentinho entre meus lençois.
Eram umas 10 horas quando abri as tampas;
e maravilha, estava tudo branquinho e a neve estava a cair.
Um dia bom daqueles de inverno, muito apreciado, assim,
como hoje,
por traz da minha janela.
A tarde fui dar uma volta a um centro comércial,
estava tudo iluminado, cores de Natal. Brinquedos, livros, chocolates e muitas outras coisas corriam em montes por todos os lados.
Enquanto a crise continua seu caminho, fazendo cada vez mais vitimas;
Ségolène Royal e Martine Aubry lutam com todas as armas possiveis para a presidência do partido socialista.
Desta vez este partido vai acabar por explodir.
Sempre gostei deste periodo de Natal,
ver a alegria nos olhos dos meus filhos depois do Pai Natal ter passado;
hoje, eles são crescidos mas ficou sempre aquela luzinha neste dia.
Do outro lado, é um periodo triste também,
para as pessoas isoladas, longe das familias, para os mais demunidos e sem-abrigos.
Meu melhor Natal até hoje foi em 2005,
ficara inesquecivel.
A magia do Natal (Natal 2005)
Este Natal foi muito especial.
Como todos, antes do Natal andamos a procura do presente que ira fazer prazer as pessoas que amamos..
Falei com meus dois filhos Tony de 27 anos e Christian de 22, separemente e lhe disse o que mais desejava que eles me dessem neste Natal..acharam a ideia boa mas dificil a realizar…
Na vespera do Natal, andava a preparar o jantar do réveillon e andava muito anciosa, não sabendo como eles iriam conseguir esse desejo meu..
A noite, chamei-os para comer, sentaram se todos a mesa. Estava acabando de preparar as entradas, quando ouvi Christian perguntar o irmão como estava correndo o trabalho dele, e o irmão lhe responder e a conversa continuando…
Sinti me a mãe a mais feliz do mundo, meu desejo estava exauçado..eles não se falavam quaze ha dois anos e os ver de novo assim…uma familia reunida na vespera do Natal…nenhum presente seja de ouro o diamante podia me deixar assim feliz…

27 comentários:

Multiolhares disse...

deve ser lindo,abrir a janela e ver um quadro lindo como o que nos mostras
b eijos

Lena disse...

Multiolhares,

Sobretudo que não esperava que tivesse a nevar, foi boa surpresa;
Esta foto foi feita da minha janela...
Amanha se tiver igual, ja sera menos bom, porque de manha cedo, as estradas ainda não estarão limpas.

Um beijo

Vieira Calado disse...

Com essas música você fez-me recuar décadas, de quando eu vivias em Paris!

Obrigado.
E também pelo poema.

Poemas de amor e dor disse...

A lareira aquecia e a mesa estava posta. Lá fora nevava. O dia tinha sido longo… passaram todas as estações e não chegaste e o fogo ardia todo o ano…
Felicidade
Rogério

Duarte disse...

NATAL mágico, mas real, o teu.
Que todos os natais que te toquem viver
tenham esse dão, o duma família unida.
Que a felicidade perdure no teu reino.

Um grande abraço

Paulo Fernando disse...

Eu adoro o natal também, sobretudo por conta das luzes, do espírito, do ambiente entre as pessoas... é tudo lindo, mas não deixa de ser uma máscara para "tapar o sol com a peneira" e iusionar nossas mentes. A vida é a mesma no Natal, carnaval, páscoa. Mas admito, uma energia diferente, seja pelos caminhões coloridos da Coca Cola (aqui no Brasil) ou pela fé (que remove montanhas), essa data muda a concepção de mundo e do mundo!

Bjos cariocas, minhas querida.

gaivota disse...

eu gosto tanto da neve... por isso vamos muitas vezes a estâncias de ski, embora eu não possa fazer ski, delicio-me a passear e noutros requintes...
e com a minha filhota na holanda, onde já neva há mais de 1 semana...
lá vou eu, pelas minhas princesinhas e ver aquela brancura naquele cantinho, quentinho...
esse natal, lena, foi certamente o melhor, sem embrulhos...
como te entendo!
beijinhos grandessssssssssss
(na naza já nevou!!!, há uns anitos)

Utopia das Palavras disse...

É um previlégio ver assim essa brancura de algodão doce empoleirado à janela.
Vivo no sul, bem no sul (Algarve)aqui não neva e eu gostava... resta-me o consolo do Natal!
Bonito Texto!!!

Beijos

ZezinhoMota disse...

O frio já começa apertar e as coisas quentinhas já sabem bem...

Bom resto de semana.

Bjnhs

ZezinhoMota

Anónimo disse...

Recordo-me datua felicidade nesse Natal, foi maravilhoso.

Nunca vi nevar, já vi muita neve, mas nunca a vi cair. Também quem manda morar num cantinho cheio de sol
Beijinhos
Dia

poesianopopular disse...

Lena
Tudo sería tão diferente para melhor, se houvesse mais justiça, mais humanismo, melhores salários, melhor ensino, melhor serviço de saúde, que ninguem tivesse de sair do seu país para governar a vida.
O Natal podia e devia ser uma bonita festa, mas, no dia seguinte, volta tudo ao mesmo egoísmo, à mesma ipocrisia, ao mesmo faz de conta, às mesmas injustiças:-deixa amiga, o defeito deve ser meu.
Bjos

Mário Margaride disse...

Estamos no tempo dele, do frio.

Também tem o seu lado belo, romântico...saibamos aproveita-lo.

Beijinhos


Mário

Lena disse...

Vieira Calado,

Por vezes basta uma musica por nos fazer relembrar um momento, um tempo....
Espero que foram bons tempos esses em Paris.

Bjos

Lena disse...

Poemas de amor e dor,

Obrigada pela visita simpatica Rogério neste meu cantinho,
hoje a volta dessa fogueira da lareira e la fora a neve a cair...

Bjos

Lena disse...

Duarte,

Obrigada Duarte,
ainda hoje quando leio aquele texto o penso naquele momento ainda sinto o mesmo que sinti.
Este ano, não sei como sera...mas sera bom de certeza, espero.

Beijinhos

Lena disse...

Paulo Fernando,

Obrigada pela tua visita Paulo Fernando
e pelo sol que troussestes do Brasil até este cantinho..
Enquanto aqui desejamos um Natal branco, ai estão em pleno verão.

Beijos

Lena disse...

Gaivota,

Pois na Holanda deve cair mais neve do que aqui.

Também gosto da neve; menos quando tenho pegar no carro...
Sabe tão bém passear quando a neve esta a cair, sentir sobre nossos passos aquele rugido, é muito agradavel; e depois quando esta a nevar não é quando faz mais frio..

Na Nazaré ja nevou ????????Nazaré de baixo da neve...deve ser lindo demais.

Beijinhos

Lena disse...

Utopia das Palavras,

Ausenda não se pode ter tudo;
ja tems o mar e belas praias,
a mim resta me a neve e meus vulcões.

Beijinhos

Lena disse...

ZezinhoMota,

pois ja...
e sair de casa apetece muito pouco; esta manha estava -1, o carro estava gelado; ainda meia adormecida, naquele frio, ter de raspar o gelo...é inhumano...lol

Beijos

Lena disse...

Dia,

olha que eu trocava teu cantinho por este...queres ?

Beijinhos

Lena disse...

Poesianopopular,

Também assim penso José,
e não comprendo, não percebo porquê os governos não fazem para que todos nos vivessemos bém e tivessemos accesso a tudo...
porquê uns teem tudo e outros nada ?
Porquê ?
E Natal sera mais um dia atraz de outro para muitos.

Beijinhos

Lena disse...

Mario Margaride,

é tempo dele, sim...
e um inverno sem neve, nem seria inverno...

Beijinhos

gaivota disse...

olha linda, já nevou na naza sim, a última vez foi há 3 anos! lindoooooooooooooooo, e uma outra vez há mais anos que não sei precisar e nem vi, só as fotos do pessoal amigo a reinar no areal com a neve!!!
beijinhosssssssss

poetaeusou . . . disse...

*
lena
,
adorei o teu texto,
regredi com a musica,
um segredo,
cai neve no meu olhar,
quando vejo a alva espuma do mar,
,
vagas de conchinhas te deixo,
chove no cantinho
neste momento,
chuvadas de noroeste,
,
jino,
,
*

Lena disse...

gaivota,

Nazaré de baixo da neve a cair...
so pode ser lindo....

bom fim de semana gaivota

beijinhos

Lena disse...

gaivota,

deve ser lindo...
e como ficaram nossas amigas gaivotas ? apreciaram menos, se calhar....

Lena disse...

poetaeusou,

Adamo tem uma voz unica...
E eu, poeta, imagino o mar sempre que olho no horizonte; meu olhar chega até ai...

beijinhos