terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Leva me


Beija me do teu olhar

ternurento e profundo

suavemente

penetra minha pele

com tuas mãos

até que um arrepio suba

pelo meu corpo acima

e com teu jeito

vem

pega me

leva me

no mistério das nossas fantasias

até saciar nossos desejos

17 comentários:

Ofarol disse...

Lena
Que sensibilidade… isso é que amar… bendito do felizardo que é amado assim… com tanta intensidade…

Beijos

Mar Arável disse...

Muito belo

Bjs tantos

Dia disse...

Amor cheio de sensualidade.
Gosto muito
Bjs

A.S. disse...

Lena...

Senti cada palavra como uma doce caricia, deslizando suavemente sobre a pele!


Beijos...
AL

gaivota disse...

e assim te deixas levar...
lindo poema, lena, parabéns!
beijinhos

romantic disse...

VIM LHE CONHECER E NO ME ARREPENDI COMO ES BELO O QUE ESCVREVES,VOU SEGUINDO-TE COM OUTRO DOS MEUS BLOGS BJO!MARCIA.

poesianopopular disse...

Olá Lena!
Gostei destas sublimes palavras, ditadas por sublimes pensamentos!
Beijo querida amiga!

Vieira Calado disse...

Bem feminina, esta poesia!

Bjs

alvaro de oliveira disse...

Olá, Lena.
Bonito poema:
leve, sensual, profundo.
depois as mãos
com que tudo se faz e se desfaz.
Nem sei se é fantasia ou acontecimento.
Assim, o amor é como um rio
que desagua em ti.

Um beijo

poetaeusou . . . disse...

*
um hino
á sensualidade !
gostei,
,
conchinhas, deixo,
,
*

utopia das palavras disse...

Deixei que me levasses...senti toda a beleza do teu poema!

Beijo

A.S. disse...

Lena, vim reler-te, rever-te... e deixar um beijo!

AL

Ofarol disse...

Lena
Passei para te desejar um bom carnaval…
Que fiques como nós dizemos com o “Carnaval N’Alma”…

Beijos

A.S. disse...

Querida
Happy valentine's day. para a minha poeta mais querida e sensual...

beijos
AL

Duarte disse...

Sensibilidade à flor da pele.
Tu, mulher de nobres sentimentos,
que vibra com a chama do amor,
ao tomar posse da palavra.

Gostei, vibrei, fruto da palavra...

Beijinhos

Bill Falcão disse...

Belas palavras sobre os mistérios de nossos desejos, Lena!
Bjoooo!!!

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Lena, bela poesia...Espectacular....
Beijos