segunda-feira, 10 de agosto de 2009

De volta a realidade



O cantinho das pedras...aquele canto encantador, onde nos sintimos bém, com uma vista majestosa sobre a Nazaré de norte a sul.
reparei que desde de abril as pedras mudaram de lugar...
para a segurança das pessoas, para evitar que estejam encostadas a falésia.

Aqui um dos mais lindos pôr-do-sol visto da minha janela...
um pôr-do-sol sobre a Praia Norte.

Vista sobre a falésia até o farol.

A Basilica do Sitio, um dia a noite de chuva fina;
estavamos a espera de ranchos e so tivemos a chuva.

Todos dias de manha, este marcado esta cheio de tudo.
Este dia consegui acordar cedo e fui la dar uma voltinha.

O Mar-Alto da Nazaré em actuação quinta feira passada numa praça frente o mar.

Este Jazz'Band da Nazaré também animou uma noitada.
Não se passa um dia sem haver algo.
Nem sei se há mais gente na Nazaré de dia o a noite.

Este ano provei uma comida pela a primeira vez "Arroz de Lampreia", no restaurante "Brisa-do-Mar".
Foi preciso reservar um dia antes, pois a lampreia tem de marinar antes de ser preparada; so é feito sobre encomenda.
Antes de a comer, ouvi dizer que era enjoativa, que nem todos gostam, etc, etc....pois adoreiiiiiii.

Depois do jantar, passeando a beira mar, parei aqui neste café "Pé-Leve", ouvindo musica...
este guitarista cantava canções conforme o pedido das pessoas...
cantou algums fados quando la estive.

Ouvi aqueles fados, bebendo uma caipirinha,
uma bebida que sobe a cabeça, e que nos deixa bém.

Andei três semanas fora do tempo, sem tempo, sem horas, sem minutos.
Três semanas navegando sobre uma nuven, longe de tudo, ensaindo de desligar da realidade da vida.

Cheguei ontem a noite de Portugal e hoje cai de alto na realidade da vida...Grande salto !!!!!

8 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
amiga,
lindo roteiro Nazareno
que aqui patenteias,
passaste a fase de
assimilada, mostrando
que és uma Nazarena a
tempo inteiro, srsrsr,
,
irei propor ao Presidente
da nossa Edilidade, que
te nomeie Embaixadora
da Nazaré, nessas frias
terras de congelados montes,
,
em nome da Nazaré,
muito obrigado conterrânea,
,
conchinhas do cantinho,
deixo,
,
*

utopia das palavras disse...

Eu não sou nazarena, mas aprendi a gostar dela, por tanto que os amigos falam dela, mas também sou da água bem ao sul.
Satisfaz-me saber que voaste no sabor da terra, sem hora nem roteiro. Dias muito felizes, presumo!

Beijo, de volta à realidade

gaivota disse...

muito bem!!!!!!!!!!!!!!
pois não houve o tá-mar no recinto do sítio, porque chovia e não podiam dançar... pois poderia haver algum acidente, alguma queda...
foi depois!
no pé leve, o meu tio silvino?!?!?! costuma ter música ao vivo com as vozes da nossa gente!
o cantinho das pedras e a água da fontinha que prende quem a bebe para sempre à nossa praia!
as pedras "fugiram", bem as que se agora são visíveis junto ao guilhim, mesmo com maré cheia... alterações geográficas, por certo e obras do nosso mar
o pôr do sol, aqui, na nazaré é sempre lindooooooooooooooooooooo
dos mais boitos que tenho apreciado!
do mercado (praça) é sempre a frescura e fartura de tudo, é um dos vícios matinais, cedinho...
o rancho mar-alto, ou o tá-mar, ou mesmo a velha guarda são e serão seempre um dos nossos mais lindos cartões de visita, não esquecendo o rancho infantil, que é lindo ver as nossas crianças a seguirem as tradições familiarfes!
a jazz band liderada pelo meu amigo e maestro adelino mota dá outro som às nossas noites, quer na pracinha e também no salão do mar-alto
do arroz de lampreia, deixa-me só dizer... é de fevereiro a abril que se deve comer...
gosto muito, mas nunca a comi por aqui...
e não fizemos o tal jantar...
agora, força, e para a próxima vez, apita!!!
beijinhos

Mário Margaride disse...

Olá Lena!

Espero que tenhas tido umas excelentes férias.

Um beijinho grande e um excelente fim de semana!

Mário

Lena disse...

Poetaeusou,

Quando ai vou, vou procurando aqueles sitios menos turisticos e aqueles mais tipicos...

Da nazaré...não me farto de falar nela...algumas colegas de trabalho ja la tiveram e sabem que é um dos sitios mais bonitos de Portugal.

Ah! Nazaré ! Nazaré !

Antes de regressar, deixei cair uma lagrima no meu cantinho de la cima do Sitio, sentada nas janelas viradas para o Mar...

Um beijo

Lena disse...

Utopia das Palavras,

Nasci a 20 km da Nazaré,
e so vi a Nazaré ha 2, 3 anos com este olhar.
Hoje so "Nazarena" o seja Siteira e feliz em o ser...
Voltar a realidade, Ausenda, é deprimante...
De que sitio es do sul ?

um beijo

Lena disse...

Gaivota,

Pela a Nazaré, ainda tenho muito a ver, a visitar, a descobrir...
Pena é que o tempo por ai passa sempre depressa demais...
Aquela lampreia estava congelada, por isso so reservando-a um dia antes, afim de a preparar...
Para o nosso jantar, vou o preparando para o conseguirmos...
Penso e gostava ir ai para o Carnaval...

Beijinhos

Lena disse...

Mario Margaride,

As férias foram optimas,
passaram depressa demais...

Um beijo
e um bom fim de semana para ti também.