quarta-feira, 18 de março de 2009

Tuas palavras


Deixa me beber tuas palavras
até saciar esta secura

mergulhar nos teus olhos

até me afogar em ti

Respirar-te pelo meus poros

Sorrir o sol da primavera

Deixar para trás estes dias cinzentos

retirar o casaco poeirento

e este véu que esconde o horizonte

abrindo me como uma flor

para navegares nas ondas

do meu coração.

22 comentários:

gaivota disse...

que lindo poema, lena! palavras ditas do coração...
a primavera está mesmo à porta, mas vai chover e arrefecer...
beijinhos

Mário Margaride disse...

Querda amiga

Palavras sentidas, ditas com o coração.
À noos frente, há mil primaveras, para que o nosso coração, possa de novo florir...

Beijinhos

Mário

Mar Arável disse...

Mar adentro

conquista-se

Fernando disse...

surpreendes-me todos os dias. estás uma poeta feita. beijo grande!

poetaeusou . . . disse...

*
lena
,
estou "embaçado",
como se diz aqui . . .
que evolução . . . poética,
parabens,
,
hoje um dia de estio,
30 Graus,
numa praia enorme e
com muita gente,
,
brisas nazarenas, deixo,

Duarte disse...

Os livros, uma das minhas paixões e debilidade.

Paixão é o que precinto, no que escreves.
Emoção, é o que transmites.
Agarra-te á vida que é belo o viver.
Ama, uma vida sem amor, é penar.

Recebe toso o meu afecto num beijo

Lena disse...

Gaivota,

So com o coração se consegue escrever; as palavras veem sem dar-mos por ela; quando escrevo é a outra "eu" que o esta fazendo...
Obrigada pelas tuas palavras Gaivota.

A primavera ja ca chegou, as arvores estão em flor; o tempo ha que esta de novo a arrefecer.
Anunciam neve a 700 m, aqui estamos a uns 400.

Bom fim de semana !

Beijinhos

Lena disse...

Mario Margaride,

A vida esta a nossa frente, no nosso presente que ja é futuro.

Beijinhos

Lena disse...

Mar Aravel,

O mar me conquistou também

Beijos

Lena disse...

Fernando,

Não estas exagerando demais ?
O então é aquele lado meu desconhecido que por aqui anda sem eu saber.
Todos nos somos "poetas" a nossa maneira, basta deixar ressair o que esta em nos.

Um beijo grande

Lena disse...

Poetaeusou,

Com estes elogios todos me deixam toda roxa, eu que sou muito sensivel e emotiva...mas obrigado, so que não mereço tanto.

Diz o tempo para não mudar e assim continuar...com calor..

Beijinhos

Lena disse...

Duarte,

Este mês ja li três livros; sou uma grande consumidora deles também, sobretudo em lingua portuguesa.

Sou uma grande sonhadora Duarte; consigo viajar muito através deles...para sair desta realidade.

Beijnhos

Mário Margaride disse...

Passei por aqui, Lena

Para te desejar um excelente fim de semana, com tudo de bom.

Beijinhos

Mário

Mariz disse...

Olá querida
"nas ondas do eu coração" deve sempre navegar o amor...para tudo e todos!
Que sejas feliz e não deixes que as ondas do mar te derrubem.
Deixo um abraço sincero
Sempre
MAriz

Multiolhares disse...

Entrou a primavera, o sol agora vai fazer o amor brilhar
Beijos

utopia das palavras disse...

Lena

Este teu poema, cheira a Primavera!

Um beijo

Duarte disse...

Segue, assim vais bem. O tempo acaba por deixar tudo no seu sitio.
Noto uma melhoria bastante considerável naquilo que escreves e no como o expões. Parabéns.

Beijinhos

Lena disse...

Mario Margaride,

Obrigada a ti Mario,
foi um fim de semana em casa para descançar, com uma pequena saida a tarde p'ra ir dançar...um dos meus prazeres..
Espero que o teu também tenha sido bom.

Beijinhos

Lena disse...

Mariz,

Vou navegando em mares calmos,
dando muito amor a minha volta.
também é isso que te desejo Mariz...seres sempre feliz...
vou tendo cuidado com essas ondas do mar..

Beijos

Lena disse...

Multiolhares,

Ja ca fazia falta esse sol e calor, depois destes dias cinzentos..
Tudo renasce..

Beijinhos

Lena disse...

Utopia das Palavras,

A primavera é uma grande Fonte de inspiração...


Beijinhos

Lena disse...

Duarte,

Esta "melhoria" como tu dizes Duarte, foi exceptional, não penses agora que vou conseguir sempre escrever assim...

Tem uma boa semana !

Beijinhos