terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Magia da noite


Na noite escurra

duas sombras se movem

nos lençois imaculados

nossos corpos desnudados

se entrelaçam, se enrolam,

se entregam, se juntam

o sussurro de nossos gémidos

despertam nossos fantasmas

nos levam ao céu

onde so há tu, eu e nosso amor

noite magica, ireal mas real

noite fantasia, nossa noite.

4 comentários:

gaivota disse...

e com este poema tão cheio de escuridão da noite e de sensibilidade, de magia...
desejo-te um feliz ano novo, com muita saúde e em paz, muita alegria e amor,e tudo de bom!
beijinhos
(já estou com um pé a caminho da nossa praia...)

poetaeusou . . . disse...

*
sussurra a noite,
na fantasia,
feita magia das silhuetas,
corpos cingidos
um só perfil,
na noite escura,
no céu azul,
,
marés de jinos, deixo,
,
*

Lena disse...

gaivota,

Um ano muito feliz a ti Gaivota,
cheio de tudo quanto desejares..

como foi essa passagen de ano na Nazaré ?

beijinhos

Lena disse...

poetaeusou,

A noite respira aquela magia
onde fantasmas e fantasias aparecem

um beijo