sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Procurando sempre o bom equilíbrio


Minha vida é um dilema. Isto de ser do signo da balança torna se uma chatice e por vezes faz confusão.
Quando é preciso escolher; peso sempre o prós e o contra.
E mesmo depois fico a pensar se escolhi bém; se não havia ter escolhido o outro.
Se pudesse não escolhia.
Porque se tenho de escolher é que as duas coisas me agradam.
O então é que tenho de escolher a menos boa; e nesse caso não escolheria nenhuma.
será que só quem é deste signo seja assim ?
Sempre a procura do equilíbrio.
Como dizia Shakespeare "être ou ne pas être, telle est la question".

5 comentários:

Vieira Calado disse...

Ai, amiga!

A minha é um trilema! (rs)


beijinho

Duarte disse...

Todos passamos por essa questão, em todos os aspectos, a isso deve-se chamar indecisão e de nada servem os signos.

Tu vive feliz cada momento da tua vida e não entre em certas valorizações, o que interessa é viver intensamente cada momento, dá igual que o carro seja azul ou preto, a não ser que tenhas preferencias pelo azul, então para que dar-lhe mais voltas?

Abraços de vida e alentos de paz

gaivota disse...

pois é... ser ou não ser, eis a questão!
escolher é uma tarefa difícil!
beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
amiga
,
seres sempre a Lena,
eis a boa questão !
,
(na passada terça-feira andei
a fotar perto das ondas com
o Henrique, Henrique o outro.)
,
conchinhas,
,
*

álvaro de oliveira disse...

Olá, Lena!

De facto, o equilíbrio, qualquer que ele seja, é que é preciso. Quanto à escolha,creio ser apenas uma questão de gosto. E, aqui, sim: os gostos discutem-se. Se calhar opto por uma teoria menos filosófica. Mas gostei!

Um beijo